Blog de Jessé Borges


ANDANDO COM JESUS

 


E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas. E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus.  Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste”? Mat 14:28-30


Interessante considerar esse encontro de Jesus com Pedro em pleno mar. O quadro representa a relação de Jesus com a humanidade, a maneira pela qual Jesus se torna conhecido com os homens e este passa a desfrutar de sua amizade e companhia. Desde que os anjos anunciaram a trabalhadores que cuidavam de seus rebanhos o nascimento do Salvador, a grande pergunta se estabeleceu: “és tu mesmo?” Reis, religiosos, irmãos, vizinhos e toda humanidade foi tomada por este questionamento: “quem é este, afinal?!”

No encontro com Pedro no mar, o diálogo inicia com a pergunta de Pedro: “se és tu...

Todos que se encontraram fisicamente com Jesus aqui na terra, questionaram sua existência: a mulher samaritana (vejo que és profeta), o soldado na crucificação (este era filho de Deus), etc. A condicional de Pedro transfere pra Deus a parte sobrenatural do encontro – “se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas”. É assim que funciona a relação de Deus conosco através de Jesus. A todos Jesus convida para um encontro de conhecimento, de revelação de quem ele realmente é! A parte sobrenatural em Jesus é que ele te dá à fé para crer que ele é Deus, Ele te ama e te conduz em segurança até o Pai. Para os que aceitam o presente da fé e crêem nele, experimenta o sobrenatural de Deus, nasce para outra perspectiva da existência, isto é, torna-se um súdito do Reino, passa a ser controlado pelo Senhorio de Jesus, na ação do Espírito de Deus que governa todas as coisas. No encontro com Pedro, o MAR é a vida natural que vivemos, a natureza humana que vive em nós e ao nosso redor. Caminhar com Jesus é andar espiritualmente e não a mercê da vida natural e seus problemas. Por isso que Paulo disse que “sem fé é impossível desfrutar com alegria da companhia de Deus!” Fé é a possibilidade que Deus nos dá para usarmos na nossa relação com Ele. Quanto mais a usamos, a exercitamos, mais da sadia maneira divina de andar, onde amor, paz, bondade, misericórdia, carinho, amizade, perdão acontecem! O mar significa nossos medos, traumas, desconfiança. O mar também é o juízo alheio, o dedo religioso, a vida social em que estamos inseridos. Quando olhamos mais para o mar, temos a sensação do afastamento da presença de Cristo. Mas, não o é! Ele continua ali, segurando nossa mão, a despeito da nossa descrença e duvida.

Gilberto Gil canta: “andar com fé eu vou”! É assim a caminhada do ser humano com Jesus: UM ATO EXPLÍCITO DE FÉ! Caminhar com Jesus não é ser religioso, não é ser algo ou fazer alguma coisa, é simplesmente fixar Nele decisões, atitudes, conceitos e modos de agir, e experimentar o mais fascinante ESTILO DE VIDA já proclamado sobre a terra, a vida divina revelada em Jesus Cristo! Viver em Cristo, a vida de Deus!

Se, como Pedro, repararmos na fúria do vento, isto é, nos problemas que nos cercam, nos sentimentos  e culpas, e começarmos a afundar, isto é, ter a sensação de que o estamos desagradando ou errando para com Ele, lembre-se: Jesus jamais abandona aquele que decidiu viver debaixo do seu cuidado – suas mãos estão sempre a nos alcançar, aleluia! Quando isto acontece,  ele nos adverte: porque duvidastes? Continue a crer e VIVER POR FÉ!


 



 Escrito por jesse borges às 20h46 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Homem, Portuguese, Livros, Esportes, musicas
MSN - 1









 
 




adoradores em casa
caio fabio
irmãos
irmãos em são gonçalo
biblia on line
no lares
Renê
livros gratuitos
aos seus pés
A BACIA DAS ALMAS
 
 

Dê uma nota para meu blog